domingo, 1 de maio de 2011

Vélez Sarsfield passeia em La Plata

Em uma semana importantíssima, que conta também com o difícil jogo contra a LDU em Quito, o Vélez Sarsfield mostrou que é capaz de ir longe nas duas competições. Mantendo a boa fase, o time bateu o Estudiantes, jogando no estádio Ciudad de La Plata, pelo placar de 4-0, mostrando um futebol seguro na defesa e envolvente no ataque.
Contando com uma partida primorosa de Maximiliano Moralez, especialmente no primeiro tempo, o time se aproveitou dos problemas defensivos do adversário, especialmente no lado esquerdo da defesa, onde o bom meia Pablo Barrientos precisava voltar para marcar, o que não é sua especialidade. Aos 37 minutos, Augusto Fernández recebeu uma bela assistência de Moralez e concluiu completamente livre, na cara de Orión, abrindo o placar. Quatro minutos mais tarde, foi a vez de Moralez marcar seu gol, com uma categoria impressionante, tirando do goleiro adversário e acertando o ângulo esquerdo.
Vendo que o lado esquerdo era uma várzea, o Estudiantes veio com troca para o segundo tempo, com a saída de Barrientos. Apesar disso, o Vélez seguiu melhor, e chegou ao terceiro gol através de Moralez, que bateu um pênalti com tranquilidade, deslocando o arqueiro. O quarto gol veio aos 44 minutos, com David Ramirez, que havia substituído o próprio Maxi Moralez. Apesar disso, o torcedor do Estudiantes cantou do início ao fim do jogo, mesmo com o time sendo goleado em casa. Isso mostra a diferença da torcida argentina para a restante do planeta.
Além disso, o resultado serviu para colocar o Vélez Sarsfield na liderança, ultrapassando o River Plate, que havia batido o Racing fora de casa no jogo inaugural do sábado.
Lembrando que o Estudiantes irá até o Paraguai definir a sua classificação essa semana, mas precisa arrumar urgentemente o lado esquerdo de defesa, e deixar Verón mais livre para atacar, assim como Barrientos. O meia que pertence ao Catania mostrou do que é capaz de fazer nos jogos iniciais, mas a marcação não pode ser sua prioridade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário